Certificações

A AMAGGI valoriza as certificações como uma ferramenta que atesta seu compromisso com a produção responsável, garantindo o atendimento a critérios socioambientais e de qualidade, tanto nos processos internos como em sua cadeia produtiva.

Ao longo dos anos, a companhia trabalhou intensamente na implantação e manutenção das certificações socioambientais Round Table on Responsible Soy (RTRS), ProTerra Standard e AMAGGI Responsible Soy Standard (A.R.S.), que serão detalhadamente apresentadas ao longo deste capítulo.

Em 2017, motivada pela implantação da nova versão da ISO 14001:2015, a companhia entendeu ser um bom momento para renovar as diretrizes de sua Política Ambiental, lançando a Política Socioambiental da AMAGGI, que ressalta as questões socioambientais de forma integrada, bem como a importância das partes interessadas e da cadeia de valor. Com isso, o Sistema de Gestão Ambiental (SGA) também evoluiu, passando a chamar-se Gestão Socioambiental AMAGGI (GSA).

Integrando as normas ISO 14001:2015 (meio ambiente) e NBR 16001:2012 (responsabilidade social), bem como as certificações A.R.S., RTRS e ProTerra, o GSA foi estruturado para atender a nova Política Socioambiental da companhia que, além de reafirmar o compromisso de uma atuação socialmente justa, ambientalmente responsável e economicamente viável, tem como premissas a proteção ambiental, a minimização de riscos socioambientais e a busca por melhoria contínua, respeitando as necessidades e expectativas das partes interessadas.

Essas mudanças refletem a evolução da gestão socioambiental da AMAGGI, que, após revisões e melhorias de procedimentos e processos, ampliou seu olhar não apenas para as questões ambientais, mas também para questões sociais relacionadas a suas atividades e operações.

Cabe ainda destacar, em 2017, a continuidade da iniciativa de formação de Multiplicadores de Sustentabilidade, que busca apoiar a gestão socioambiental de cada unidade da AMAGGI para que ela frutifique na forma de bons resultados para a companhia, orgulho dos colaboradores em fazer parte de uma empresa alinhada aos seus valores, e concretização da visão de ser referência em desenvolvimento sustentável. Desde a criação do programa, em 2015, foram formados internamente 187 multiplicadores, sendo que cerca de 68 deles estão atuando nas unidades da AMAGGI.

A AMAGGI investe também em certificações de qualidade do produto, garantindo a seus públicos a excelência daquilo que produz. É o caso das certificações Food Safety Management System (FSSC 22000, traduzida como Sistema de Gerenciamento de Segurança Alimentar – SGSA) e GMP+ Feed Safety Assurance (FSA, traduzido como Garantia de Segurança Alimentar), que desde 2015 e 2002, respectivamente, atestam em nível internacional a segurança e a qualidade dos alimentos produzidos pela AMAGGI. A companhia atende ainda as demandas do mercado por certificações específicas, como o selo Cert ID Não-OGM, que garante ao consumidor um produto livre de organismos geneticamente modificados, e a certificação Kosher, que atende às demandas específicas da dieta judaica ortodoxa e é sinônimo de qualidade em todo o mundo.

Conquistas de 2017

Primeira auditoria interna integrada das normas ISO 14001:2015, NBR 16001:2012, RTRS, ProTerra e A.R.S. Participaram desta auditoria 60 unidades da AMAGGI2, tendo um escopo específico de certificação;

2 – 27 armazéns de grãos distribuídos nos estados de Mato Grosso e Rondônia; 13 fazendas entre plantio de grãos, pecuária e reflorestamento no estado de Mato Grosso; 8 escritórios de comercialização de grãos e Matriz; 4 pequenas centrais hidrelétricas em Mato Grosso; 3 terminais portuários de transbordo de grãos e fertilizantes nos estados do Amazonas e de Rondônia; 1 estaleiro e frota em Itacoatiara, no Amazonas; 2 esmagadoras de soja nos estados do Amazonas e de Mato Grosso; 1 misturadora de fertilizantes em Comodoro, em Mato Grosso; 1 sementeiro em Sapezal, em Mato Grosso.

Auditorias externas integradas para verificação da conformidade3 com as normas ISO 14001:2015, RTRS, A.R.S. e do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), de forma amostral. Participaram desta auditoria 12 unidades da AMAGGI, tendo um escopo específico de certificação, contemplando as áreas de negócio Agro, Commodities e Logística e Operações;

3 – Ao todo, foram identificadas seis não conformidades na GSA. Com a apresentação de planos de ações satisfatórios para as certificadoras, foi recomendada a manutenção das certificações.

Diagnóstico concluído para implantação da GSA nas transportadoras.

Certificações socioambientais4

4 – Em maio de 2017, a AMAGGI optou pelo cancelamento da certificação ISCC, devido à baixa demanda de mercado. O escopo até esta data foi mantido como em 2016.

Clique sobre as marcas para visualizar o descritivo.

ISO 14001

A AMAGGI conta com a certificação ISO 14001 em 22 unidades, entre fazendas, armazéns, fábricas, portos, estaleiro e escritório. As unidades que não contam com ela têm o mesmo sistema de gestão socioambiental implantado e passam anualmente por auditorias internas de verificação de conformidade.

ProTerra Standard

O selo ProTerra Standard garante que o produto certificado cumpre requisitos ambientais e sociais, e que não é geneticamente modificado (OGM). Suas auditorias de certificação verificam se a produção é realizada de maneira sustentável, respeitando os direitos humanos e as legislações, e aplicam controles de qualidade para garantir que o grão é convencional (não transgênico), em toda a cadeia de produção – cultivo, manuseio e transporte.

Em 2017, a AMAGGI teve certificadas suas fazendas Água Quente, Itamarati, Tanguro e Tucunaré. Também foram certificados os armazéns de Brasnorte, Campos de Júlio, Campo Novo do Parecis, Sapezal; os portos de Itacoatiara e Porto Velho; além da esmagadora de soja em Itacoatiara. Em 2017 a AMAGGI certificou cerca de 830 mil t de soja ProTerra.

Para os 341 produtores parceiros que comercializaram soja convencional com a AMAGGI em 2017, a companhia deu continuidade à realização de amostras de auditorias de verificação de atendimento ao ProTerra (saiba mais no capítulo “Promoção da Agricultura Sustentável na Cadeia de Grãos”).

Round Table on Responsible Soy (RTRS)

A AMAGGI foi a primeira empresa do mundo certificada pela RTRS, organização da sociedade civil que envolve os principais representantes da cadeia de valor da soja em escala global, desde produtores, indústria, instituições financeiras e mercado consumidor até governos, ONG e associações.

Em 2017, aproximadamente 23% da soja RTRS do mundo foi certificada pela AMAGGI (modalidade física e crédito). A AMAGGI Agro certificou 429 mil t de soja na modalidade book and claim, nas fazendas Tucunaré, Tanguro e Itamarati. Já a AMAGGI Commodities certificou 334 mil t de soja mass balance e 182 mil t de soja book and claim, de 38 propriedades rurais de parceiros5.

Também estão no escopo da certificação 15 armazéns (Ana Terra, Campos de Júlio, Barreiro, Brasnorte, Campo Novo do Parecis, Campos de Júlio, Ipiranga do Norte, Novo Horizonte, Santa Rita do Trivelato, Sapezal, Sinop, Tapurah, Teixeira Junior, Vera e Vilhena); 5 terminais portuários, sendo 2 em Porto Velho, Itacoatiara, Terminal de Grãos do Guarujá (TGG) e Complexo Miritituba-Barcarena; e 2 esmagadoras de soja localizadas em Lucas do Rio Verde e Itacoatiara.

Além disso, em 2017 um grupo de 38 propriedades rurais de produtores parceiros da AMAGGI também recebeu a certificação (saiba mais no capítulo “Promoção da Agricultura Sustentável na Cadeia de Grãos”).

5 – As expressões book and claim e mass balance referem-se a questões técnicas relacionadas ao padrão da cadeia de soja RTRS. Para saber mais, acesse www.responsablesoy.org.

AMAGGI RESPONSIBLE SOY STANDARD (A.R.S.)

Desde 2016 a AMAGGI possui seu próprio padrão de certificação na área, o A.R.S, reconhecido pela Federação Europeia dos Fabricantes de Ração (Fefac). A iniciativa visa a contribuir com os processos sustentáveis na cadeia produtiva, buscando atender também as exigências do mercado europeu, o que permite à AMAGGI alcançar uma posição ainda mais competitiva na comercialização de grãos.

Em 2017, a certificação A.R.S. alcançou novas propriedades, localizadas em Brasnorte, Campos de Júlio, Campo Novo do Parecis e Sapezal. Assim, a empresa já certificou ao todo 64 fazendas (em 2016 eram 46) de produtores parceiros, que somam mais de 183 mil hectares de área produtiva (156 mil ha em 2016), resultando em 315 mil toneladas de soja certificada A.R.S. (saiba mais no capítulo “Promoção da Agricultura Sustentável na Cadeia de Grãos”).

Certificações de qualidade
do produto e de processo

Clique sobre as marcas para visualizar o descritivo.

Food Safety Management System (FSSC 22000)

A certificação FSSC 22000 fornece uma estrutura para gerir de modo eficaz responsabilidades de segurança e qualidade de alimentos. A AMAGGI possui esta certificação desde 2015. Contar com a FSSC 22000 demonstra que uma empresa tem um sistema robusto e eficaz de gerenciamento de segurança alimentar para atender aos requisitos de reguladores de alimentos, clientes empresariais e consumidores.

Good Manufacturing Practices (GMP+ FSA)

A certificação GMP+ FSA foi desenvolvida para garantir a segurança alimentar e tranquilizar os consumidores sobre a maneira de produzir, beneficiar, comercializar, armazenar e transportar produtos para alimentação animal. Os requisitos de segurança são estabelecidos nos padrões GMP+, baseados na legislação e em requisitos adicionais das partes interessadas. A AMAGGI possui esta certificação desde 2002. Em 2017, a GMP+ adotou as normas ISO 9001:2015 e ISO 22000:2006.

Não OGM Padrão Cert ID

Desde 2005 a AMAGGI possui a certificação Não-OGM (Organismo Não Geneticamente Modificado) e o selo Cert ID Não-OGM, que estabelecem uma fácil identificação de produtos que não apresentam componentes geneticamente modificados.

Por meio do Programa de Rastreabilidade e Identidade Preservada (Hard IP), são constituídos e controlados os mais importantes pontos críticos de controle nas diferentes etapas do processo, que vão desde a produção de sementes, lavoura, colheita e aquisição de soja até a entrega desses produtos aos clientes.

Kosher

Desde 2014 a AMAGGI possui o certificado Kosher, o qual é emitido após a avaliação do processo de fabricação, atestando que os produtos obedecem às normas específicas que regem a dieta judaica ortodoxa. Ele é de reconhecimento mundial e considerado sinônimo de controle máximo de qualidade.