GSA: Integração de normas socioambientais é diferencial para a sustentabilidade

GSA AMAGGIA AMAGGI se orgulha por ter sido umas das primeiras empresas do agronegócio a certificar, em 2007, uma de suas fazendas na NBR ISO 14001:2004, norma que visa assegurar que a empresa identifica e controla seus impactos ambientais em acordo com a legislação e outras boas práticas sustentáveis. Em 2016, a empresa deu mais um importante passo na gestão socioambiental e conquistou, para suas 22 unidades já certificadas, a recertificação NBR ISO 14001:2004. Mais que a reafirmação da sua eficiência na gestão ambiental, tal feito surgiu como oportunidade de melhoria.

Após uma década de dedicação diária para uma atuação responsável, buscando garantir a perenidade dos nossos negócios e preocupada com o meio ambiente e com as pessoas, mais uma vez a empresa inovou e acaba de implementar a Gestão Socioambiental AMAGGI (GSA), sistema que integra as normas ambiental ISO 14001:2015 e de Responsabilidade Social NBR 16001:2012, e ainda as certificações socioambientais para produção de grãos A.R.S. (AMAGGI Responsable Soy AMAGGI), RTRS (Round Table on Responsible Soy) e ProTerra.

Trata-se de uma evolução na responsabilidade socioambiental da empresa, que, após revisões e melhorias de procedimentos e processos, ampliou o olhar não apenas para as questões ambientais, mas também para questões sociais relacionadas com as suas atividades e operações – preocupações expressas, inclusive, em sua Política Socioambiental.

“A gestão socioambiental das nossas atividades e operações é tão importante para a AMAGGI que está diretamente expressa na Visão da companhia: Ser uma empresa de referência no desenvolvimento sustentável. É algo que nos traz orgulho e a certeza de que  trabalhamos pensando no meio ambiente e nas comunidades onde  estamos presentes”, ressalta Juliana Lopes, Diretora de Sustentabilidade e Comunicação.

Bookmark and Share