Parecis-Porto Velho: pesquisa traça perfil do caminhoneiro

Published in 15 de June de 2018   |   0 Comments

Marca-180402-(Programa-de-Logística-Responsável)Fundamentais para o escoamento e a exportação de grãos, os caminhoneiros que atuam na rota Parecis – Porto Velho terão seu perfil traçado por uma pesquisa inédita realizada pela AMAGGI em parceria com a organização Childhood Brasil.

Os resultados desta pesquisa auxiliarão a companhia na compreensão de diversos temas relacionados às condições de trabalho dos caminhoneiros – como os riscos de acidentes, segurança nas rodovias, qualidade de vida e até o envolvimento com a questão da exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas.

A realização do levantamento, conduzido por pesquisadores da Universidade Federal de Sergipe (UFSE) junto a um público de 179 caminhoneiros entre os dias 6 e 13 de abril, é uma iniciativa da área de Sustentabilidade e integra o programa Logística Responsável da AMAGGI, que visa cultivar o bom relacionamento da companhia com seus fornecedores de transporte e promover o bem-estar dos trabalhadores envolvidos, bem como minimizar os impactos econômicos e socioambientais das atividades e reduzir riscos de acidentes em rodovias e hidrovias.

A rota Parecis – Porto Velho (entre a região produtora de Campo Novo do Parecis, em Mato Grosso, e os terminais portuários da capital de Rondônia) foi escolhida para a realização da pesquisa por ser uma das principais vias utilizadas pela AMAGGI, pela quantidade de caminhoneiros que costumam passar no terminal de descarga de Porto Velho e pela estrutura do principal ponto de parada (posto) na região. Os caminhoneiros foram questionados sobre o atendimento recebido nas unidades, tempo de espera, as condições das rodovias, os pontos de parada, dias fora de casa, as principais causas de acidentes e pontos já conhecidos de exploração infantil, entre outros.

Também foram coletados dados qualitativos de líderes de filiais da AMAGGI que atendem caminhoneiros e dados secundários referentes aos principais municípios da rota – Tangará da Serra (MT), Campo Novo do Parecis (MT), Brasnorte (MT), Sapezal (MT), Campos de Júlio (MT), Vilhena (RO), Cerejeiras (RO) e Ariquemes (RO).

Com base nos resultados referentes ao perfil dos caminhoneiros, a próxima etapa será o cruzamento dessas informações com dados das áreas de Engenharia Financeira, Logística e Operações e Segurança Corporativa para que, juntas, estas áreas possam propor novas ações ao programa Logística Responsável.

childhoodDiversas outras ações estão previstas no programa visando à melhoria do atendimento aos parceiros da AMAGGI, em proteção aos Direitos Humanos e em estímulo à Responsabilidade Social nas operações e na cadeia de valor.
Sobre a Childhood Brasil

Organização sem fins lucrativos atuante há mais de 10 anos, a Childhood Brasil foi responsável por desenvolver o programa Na Mão Certa, compromisso assumido pela AMAGGI em 2014 para o enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas brasileiras por meio da educação e da conscientização de motoristas e caminhoneiros.

Bookmark and Share

Leave your message