FALM participa de Encontro de Investimento Social Privado

Publicado em 30 de novembro de 2016   |   0 Comentários

encontroispA Fundação André e Lucia Maggi (FALM) participou nesta quarta-feira (30) do Encontro de Investimento Social Privado, organizado pelo governo do estado de Mato Grosso, no Palácio Paiaguás, em Cuiabá.

Inédito no estado, o evento reúne representantes do poder público, institutos, fundações, bancos (como o Banco do Brasil e o BNDES) e empresas interessadas em desenvolver em Mato Grosso uma rede organizada de investimento social privado, visando a potencialização do impacto social de suas iniciativas em alinhamento a políticas públicas.

O Encontro tem apoio da secretaria estadual de Educação, do Núcleo de Ações Voluntárias (NAV), da MT Participações e Projetos S.A. (MT PAR, ligado à Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico), do Grupo de Institutos, Fundações e Empresas pelo Impacto do Investimento Social (GIFE, do qual a FALM é associada) e do Instituto Tellus.

Encontro

Aberto pelo governador do estado, Pedro Taques, o Encontro contou com a presença da presidente da FALM, Belisa Maggi, da secretária executiva da Fundação, Juliana Lopes, e da gerente de investimento social privado da instituição, Aletéa Rufino.

Em sua fala inicial, o governador Pedro Taques destacou que o intuito do encontro é promover a convergência de políticas públicas desenvolvidas pelo estado e os projetos de impacto social por parte da iniciativa privada. Nesse sentido, um dos objetivos do encontro realizado em Cuiabá é viabilizar, também na capital, o estabelecimento do primeiro escritório público do país para investimento social privado.

A presidente da Fundação, Belisa Maggi, concordou com a necessidade de a iniciativa privada – com sua capacidade de dinamizar ações de impacto social – conduzir um processo de organização dos investimentos e de alinhamento às políticas públicas já desenvolvidas pelo estado.

“O investimento social privado precisa ser mais organizado e acreditamos muito no papel da iniciativa privada de ser um piloto para o poder público”, declarou a presidente.

Painel com investidores

Durante painel com outros investidores sociais de diversas empresas, também realizado no Palácio Paiaguás, a secretária executiva da FALM, Juliana Lopes, enfatizou que a vocação da Fundação é fortalecer instituições que trabalhem com o desenvolvimento humano das localidades onde a empresa atua, conforme as peculiaridades de cada território.

Ela ainda lembrou que, atualmente, a FALM é a única instituição mato-grossense associada ao GIFE e reforçou a disposição para atrair novos parceiros para a construção de uma rede de investimento social privado no estado, bem como para incentivar a regularização de organizações sociais já existentes.

“Nós somos os primeiros de Mato Grosso no GIFE, mas não queremos ser os únicos. A parceria é o que faz com que a gente construa o desenvolvimento”, afirmou.

Bookmark and Share